Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Muita coisa.

Eu queria gostar de voce sem ser de brincadeira. Eu queria poder gostar de voce de verdade. Eu queria nao ser nós dois... eu queria que tudo se encaixasse... eu queria acreditar no que voce diz... no que eu vejo... no que eu sinto... mas toda vez que eu acredito eu me perco..e assim se perde nós dois. Eu queria acreditar na caixinha.. queria te ter pra mim, sem ter que me dar pra voce... Eu queria que voce lesse e entendesse... que nao é pra entender... é pra viver. Eu queria te ver. Nao com os mesmos olhos de sempre...aqueles olhos cansados e mereados de quem já nadou...eu queria beijar outras bocas beijando somente a sua.. eu queria sentir o que todos sentem, ou falam que sentem...eu queria seu amor perfeito.. eu queria conseguir acabar... mas eu queria tanto continuar, recomeçar. De novo. Eu só queria gostar de voce sem ser de brincadeira... Eu só queria poder sonhar... e acreditar... com voce...Eu só queria nós dois. Eu só queria começar de novo. eu queria conseguir esquecer tudo.…

Paixões

Estava aqui pensando, por quantas pessoas, livros, lugares eu já me apaixonei. Cada paixão de um jeito diferente. A paixão por um livro, por exemplo, dura tempo indeterminado. Começa pela capa, você olha , ela te olha. Depois vem a primeira leitura. Você durante horas mas acha que leu apenas alguns minutos, e tem vontade de ler mais, e mais e mais ate nao aguentar mais, ate lembrar que voce precisa comer, dormir. A paixão por um livro dura ate depois da leitura, quando voce fica lembrando trechos, sensaçoes. Muito estranho. O livro se torna tão real. A paixão por um lugar, por uma paisagem, você olha, olha, não se cansa de olhar, nao quer ir emborar. Quer ficar, e olhar mais. Ir embora fica tão dificil! Uma paixão de aeroporto que dura enquanto o embarque não é liberado. É tão efemero e ilusorio, mas parece que dura a eternidade dentro daquele momento, você sonha, idealiza, imagina cenas, elas as vezes acontece. Tem direito a frios na barriga e perseguiçoes. Depois o avião decola e tu…

Começou grande

Hoje eu acordei maior. Mas me dei conta que ainda sou eu. Criança. Hoje eu olhei as meninas, todas tão novas, mas tão precoces. Correndo para fazer o tempo passar mais rapido, sem perceber que o tempo passa rapido sem elas precisarem correr. Hoje, vendo um filme de adolescentes percebi como os tempos mudam, como a gente muda. Quando eu era mais nova do que sou hoje, os filmes eram sobre as menina timidas, que se apaixonavam pelo menino mais popular da escola, ate que um dia ela cai, e ele a segura. O sonho dessa menina era que seu primeiro beijo fosse com ele, que eles namorassem. Essa menina sempre tinha um  melhor amigo que no fundo era apaixonado por ela. No final, a menina dava seu primeiro beijo com o super popular da escola, mas percebe ele não é tudo aquilo que ela imaginava, sonhava. E então eis que surge o verdadeiro principe encantado, seu melhor amigo. O filme termina com os dois amigos namorando. Hoje o conto de fadas mudou. Todas as meninas já beijaram todos os meninos. O…