Paixões

Estava aqui pensando, por quantas pessoas, livros, lugares eu já me apaixonei. Cada paixão de um jeito diferente. A paixão por um livro, por exemplo, dura tempo indeterminado. Começa pela capa, você olha , ela te olha. Depois vem a primeira leitura. Você durante horas mas acha que leu apenas alguns minutos, e tem vontade de ler mais, e mais e mais ate nao aguentar mais, ate lembrar que voce precisa comer, dormir. A paixão por um livro dura ate depois da leitura, quando voce fica lembrando trechos, sensaçoes. Muito estranho. O livro se torna tão real. A paixão por um lugar, por uma paisagem, você olha, olha, não se cansa de olhar, nao quer ir emborar. Quer ficar, e olhar mais. Ir embora fica tão dificil! Uma paixão de aeroporto que dura enquanto o embarque não é liberado. É tão efemero e ilusorio, mas parece que dura a eternidade dentro daquele momento, você sonha, idealiza, imagina cenas, elas as vezes acontece. Tem direito a frios na barriga e perseguiçoes. Depois o avião decola e tudo passa. A paixão por alguem, a gente vive, sente, tão intensamente. Acha que é amor. Ate se perde no caminho, ate que um dia voce acorda e tudo mudou, tudo passou. Tudo foi ilusao, ou tudo foi real demais que não deu certo. Quando voce olha para tras e ve quantas pessoas, livros, lugares, e percebe o quão cheia de paixões minha ainda tão breve vida já teve dá uma sensaçao estranha, e um encucamento, Sera que hoje, a gente se apaixona facil demais, rapido demais ? Será que todas as paixoes sao amor? Será que se tornam amor? Será que tem problema em se apaixonar demais? Me apaixono todo dia. Seja pelo dia, seja pela musica, seja por alguem, seja por um momento que veio e já foi embora. Vivo de paixões. 

Comentários

Lucia disse…
Filha, amada e querida: A vida é apaixonante mesmo, com tudo de bom e difícil que nos trás. Apaixonar-se é tão bom. Gostar do que está em nossa vida é sinal, penso eu, de que estamos fazendo boas escolhas, não é? Não vejo problema em apaixonar-se toda hora. Acho que deve ser muito ruim é não sentir-se assim. Estes momentos mágicos, especias, e que passam, é o cofrinho do nosso futuro. Paixão, amor, carinho devem estar diariamente na nossa dieta vital, na medida certa. O sinal vermelho aparece quando estes sentimentos viram nossos algozes! Quando pesam, quando entristecem, não é? Se tá fazendo bem, go ahead!! Não tenha medo de ser feliz do jeito que você é: especial, amorosa, sensível! E inteligente, para saber que existirão momentos tristes, difíceis, complicados e nem por isso, menos especiais também. " Viver.. e não ter a vergonha de ser feliz..Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz...(Gonzaguinha)Te amo tanto e com tanta alegria que nem a distância e a sua ausência serão motivos para tristeza, mas motivo de gratidão a Deus!beijos.

Postagens mais visitadas deste blog

Um belo dia

Mundo mundo vasto mundo