Postagens

Mostrando postagens de 2011
Eu só quero voce longe do meu presente, voce nao me pertence mais, nem eu a voce! Eu quero meu presente e meu futuro. Mas eles não são voce! TE quero longe, mas ao mesmo tempo perto. Eu quero que voce aparça na minha porta sem pedir licença. Eu oooooooooodeio o fato de voce agora sair. Ooooooooooooooooooooooodeeeeeeeeeeeeeeio voce ser alguem que eu não conheci. Odeeeeeeeeeeeeeeio vce não ter sido assim comigo! oooooooooooodeio nao ter sido do jeito que eu quero. E não, eu NÃO superei isso! Pq eu sinto falta de ter alguem, eu sinto falta de te pegar, eu sinto falta de tuuuuuuuuuudo. das coisas boas e ruins!
mesmo sabendo que isso não me faz bem, eu só queria que voce não pedisse licença pra entrar de novo na minha casa, Queria sua versão homem.não menino

Sempre

Eu sempre vou te amar, eu sei disso. Eu sempre vou sentir falta do que a gente nunca teve. Eu sempre vou amar o amor que eu nunca amei. Mas não dá ! Eu quero te veer de longe, antes de te olhar de perto. Quero saber o que eu vou sentir. Mas não me pede pra voltar, não me faça voltar pro passado. Do lugar que eu sai, voltar a ser o que eu não sou mais.

Não há passado que sobreviva ao presente.

Eu te amo, ontem e hoje, mas não sempre!

O incerto do certo

Volto aqui com a intensao de jorrar o que há em mim. O pensamento nao se acalma. Procura voce a todo momento. Todo lugar, tudo tem um pouco do que já foi um dia. Quando dizem que amor e odio sao primos e moram um ao lado do outro, se completando, nao erraram. Eu te odeio, muuuuito. Por nao estar aqui na hora certa, por nao ser quem eu queria que fosse na hora certo. Por me fazer sonhar, e nao realizar. Por me fazer querer e não ter. Esquecer que posso ter, e posso ser. Te odeio mais ainda por nao ter me esquecido e assim eu nao te esqueço. Te odeio tanto que acho que te amo. Mas amor? Amor é querer perto, e não longe. É estranho. As coisas mudam o tempo todo. A anos estavamos aqui, nesse mesmo lugar, nessa mesma hora. Juntos. Eu com frio na barriga, sonhando. Agora, voce ai, eu aqui, e mais nada. Não há mais nada. O amor nao foi suficiente. Ele nao enxe barriga, nao mata fome, nao sacia desejo. Ah como eu queria que tudo tivesse dado certo. Se não tivesse dado errado nós nao estariamo…

Cade?

Cade o amor?
Abriu a porta e saiu.
Entra de novo? Com uma outra cara, um novo perfume, um novo gosto, e um no desejo.
Volta?
te convido pro jantar, deixo voce me levar.
Mas cade você? Tu visita as outras casa mas nao a minha. Por que?
Cade?
Ainda nao apareceu.
Foi e nao voltou.
Procuro sem saber o que.
Enxergo mas nao sei o vejo.
Sem bússola ou lanterna, sigo.
Alguem pode me informar se viu essa pessoa vagando por ai?
Procuro-a a vida toda, ainda nao achei.
Um acho, talvez.
A pessoa, a qual me refiro eu nao conheço, mas ela me conhece a tempos,blusa branca, ela veste. Nada fora do comum, apenas pra mim.
Mas alguem viu ela por ai? Sentada num bar ou numa praça?
Continuo pelas ruas , andando, andando, sabendo que vou chegar, e encontrar.
Quando? O que? Como?
Cade?
Não sei.
Bons são aqueles que nao sabem os motivos das açoes que os movem. Simplismente agem pelo fato serem bons.
Madrugadas sem fim, sonhos sem fim.
Milhoes de historias transformadas em filmes de ficçao, nada baseados…

Ame sonhe lute

É engraçado como, na correria do dia-a-dia a gente nao para pra reparar na falta que gostar de alguem faz falta, principalmente o frio na barrica, o coração acelerado. AI que falta que faz. Ouvir uma musica, e lembrar de alguem. Ver um filme romantico e se imaginar nele com seu amor..Ter alguem pra dançar na rua, beijar na chuva, fugir de madrugada. Viver.
Mas na correria do dia-a-dia a gente nao para pra reparar na falta que faz distribuir amor. A gente passa correndo pela vida das outras pessoas sem nem perceeber que passou. como a pessoa que sai do predio segundos antes de voce. Voce nem viu quem era, mas ela mora no mesmo endereço que voce, tem a mesma rotina que voce. A gente passa pela vida das pessoas sem pedir licença para entrar. a gente bagunça tudo e sai sem nem dizer tchau. A vida é tao efemera mas a gente ainda sim insiste em nao querer amar, em dizer que amor só tras sofrimento. E o que é a vida sem amor? Se nao houvesse amor estariamos aqui? Se não tivesse amor, have…

Miragens tortas

Miragens tortas de um passado tão presente. O olhar de um amigo, sorriso de um desconhecido, lembranças tão conhecidas mas jamais vividas. A sensação de tudo voltar. O medo, a insegurança. O minimo. A saudade, o estranho, o novo misturando com o velho. Miragens tortas pelo espelho. Cade?

Ph...

Fotos na Estante
Skank
Sem mais nem menos
Sem remédio, sem desculpa
Em horas tortas
Horas tímidas, ocultas
Pelas esquinas
De olhares indiscretos
O nosso amor
Amor claro de objeto
Sem dor ou crime
Amor simples e direto
Entre os pássaros de barro descansando na estante
Pelas costas amarelas dessas fotos insinceras
Descobri lindas mentiras tão terríveis quanto belas
Digo o que fazer então, são memórias tão reais
Do que nunca aconteceu
Refrão
Desenhei miragens tolas
Nas margens do seu deserto
E uma verdade impossível
Só pra ter você por perto
Sem dor ou crime
Amor simples e direto
Entre os pássaros de barro descansando nas estantes
Pelas esquinas
De olhares indiscretos
O nosso amor
Quebrou feito objeto
Digo o que fazer então, são memórias tão reais
Do que nunca aconteceu
Refrão
Desenhei miragens tolas
Nas margens do seu deserto
E uma verdade impossível
Só pra ter você por perto
Desenhei miragens tolas
Nas margens do seu deserto
E uma verdade impossível
Só pra ter você por perto

Silence

Tem horas que não se tem o que falar, fazer ou responder. A saudade e a falta são grandes , mas a lembrança é forte demais pra me fazer voltar atras. É como a nostalgia de lembrar um domingo de sol que ficou na lembrança, e logo acabou. Chegou segunda. Mas ele continua ali na lembrança. Sem sentimentos. O medo que eu sentir só de pensar em te ver de longe já diz por si só, que nao se deve reecontrar o passado na esquina, nem fugir dele. Mas deixar ele viver no seu canto, no seu lugar, sem mexer demais mas sem esquecer.
Quando eu vi aquele sinal de vida inesperado, o frio na barriga. E agora? Qual a resposta? Como dizem os mais velhos, na duvida, não faça nada. Não faço. Talvez pelo medo de te machucar, pois nao tem nada para se falar. Só o silencio.
Agora eu sei. O silencio diz mais que mil palavras.

Saudade

Olhando as fotos é impossivel dizer que não há saudades. Foram tantos sorrisos, choros, momentos unicos! Eu lembro das manhãs na praça, das fotos, das risadas, das brincadeiras. Lembro também das brigas bobas, das desculpas nao dadas, das palavras nao ditas. Se eu pudesse eu nao viveria tudo de novo. Deixaria tudo do jeito que tá, e do jeito que foi. Sinto saudade do ocio nem sempre criativo. Da yoga, das apresentaçoes, das danças no recreio. Dos passeios de bicicleta que sempre acabavam com um tombo. Das tardes no quintal tentando fazer estrela, ouvindo axé, aprendendo as coreografias do d'corpo inteiro pra depois apresentar na escola. Das olimpiadas, das festas juninas sempre iguais, dos bailes de aleluia sempre iguais, e das exposiçoes que nunca eram iguais. Do clima que predominava quando o frio chegava, do calor sufocante. Da carencia inebriante. Das fofocas, dos amores que nunca foram amores, das paixoes que sempre foram tesão. Da falta continua, do querer mais quando já se …

Gavetas sujas

É engraçado como a gente se prende a algo. Se prende a momentos. Momentos estes que já acabaram, nao voltam, e muitas vezes nao nos fizeram tanto bem.
A gente joga eles na gaveta, e nao quer tirar por nada. Ate esquece deles, nem lembra. Mas basta um ventinho pra poeira levantar e a lembrança, a saudade e a vontade voltar.
A gente sabe que nao faz bem poeira... mas insiste em querer respirar mais um pouco...
Como dizem: Cabeça ocupada não pensa bobagem.
O jeito é distrair a mente pra nao querer revirar uma gaveta suja, já revirada antes, e trancada a 7 chaves.
O que me da mais medo, é essa poeira voltar algum dia, mais forte do que ela já foi... mas isso nao vai acontecer..
Apaga tudo. Limpa a sua gaveta também, pra eu terminar de limpar a minha!

Nada com nada

As vezes eu paro pra pensar, em tanta coisa... As vezes eu paro pra lembrar, de tanta coisa. As vezes eu paro para olhar, é tanta coisa. Quanta coisa já aconteceu, e acabou. Quanta coisa começou,e ainda vai começar. Tudo novo de novo. Mesmo depois do fim, a gente ainda pensa no meio. Recaida? Não. Só falta de costume. Saudade? Do que nao tive sim. Mas é tanta coisa agora, que eu não sei mais. É tanta coisa mas eu nao sinto nada. Só um torpor de deixa a vida me levar. Eu levo ela do jeito bom, tão bom, livre leve e solto. Já estava com saudades das minhas asas.
As vezes eu paro pra pensar, sera que existe receita para as coisas? Amor e bla bla bla. A gente segue uma linha, faz um jogo. E ai? E ai nada, tudo acaba, tudo muda. Triste né. Emocionante eu diria. O desafio é fazer durar, mas durar sem deixar de ser bom.
Nada a ver com nada.

O amor não acaba, nós é que mudamos

''Um homem e uma mulher vivem uma intensa relação de amor, e depois de alguns anos se separam, cada um vai em busca do próprio caminho, saem do raio de visão um do outro. Que fim levou aquele sentimento? O amor realmente acaba?

O que acaba são algumas de nossas expectativas e desejos, que são subtituídos por outros no decorrer da vida. As pessoas não mudam na sua essência, mas mudam muito de sonhos, mudam de pontos de vista e de necessidades, principalmente de necessidades. O amor costuma ser amoldado à nossa carência de envolvimento afetivo, porém essa carência não é estática, ela se modifica à medida que vamos tendo novas experiências, à medida que vamos aprendendo com as dores, com os remorsos e com nossos erros todos. O amor se mantém o mesmo apenas para aqueles que se mantém os mesmos.

Se nada muda dentro de você, o amor que você sente, ou que você sofre, também não muda. Amores eternos só existem para dois grupos de pessoas. O primeiro é formado por aqueles que se recu…

Saudades de mim.

A cada dia que passa descubro um pedacinho de mim. E hoje nao foi diferente. Varo a madrugada a fora em busca de mim. O Eu que se perde a cada curva. Hoje aqui, achei mais um pedacinho desse enorme quebra-cabeça. Descobri a saudade. Saudade de mim. Saudade de viver comigo, saudade de me bastar. A muito tempo não consigo pensar só em mim, sem pensar nele. A muito tempo não sei viver aqui, sem viver com ele. Sinto saudades de quando eu era Eu e ponto. Quando meu coração batia forte e descobria o novo. A vida se tornou diferente depois que você apareceu. Sim, pra melhor sem duvidas. Anjos apareceram na hora que eu mais precisava. E você não se foi, não distanciou como os outros. Você ficou ate agora. Mas conversando comigo, percebo que eu sinto falta de mim. Falta de pensar no que eu vou fazer sem depender de você. Eu te amo, é verdade, nunca menti isso, mas eu sinto falta de mim! Como pode ser isso? Talvez seja isso que nos falte. EU. A gente se prende tanto a um vicio, e quebrar essa …

Mais

É engraçado como os sentimentos mudam, e se revezam. Uma hora eu odeio, no outro na gosto. O tempo passa e sai curando tudo, as feridas, as magoas. Penso que tudo o que acontece bom ou ruim, no final sempre faz sentido. Já tive tantas brigas, já senti tanta raiva. E hoje? A unica coisa que esses sentimentos me causam é a sensação de que sou muito mais do que eles. Sou mais do que aquela que foi traída, ou ignorada. Sou mais do que isso. Sou forte e posso muito mais do que imaginam.
É engraçado também como pequenos atos, como mudar minhas coisas de lugar sem meu consentimento, me tirando assim, de onde eu gostaria de estar, causa uma revolta imensa. Que raiva que senti. Quem pensam que são? Sou mais que do que isso. Sinto isso, mas sou maior do que isso. Sou mais do que aquele velho medo de se entregar, sou mais do a preguiça, sou mais ate que o desejo. Sou razão, misturada com sensação. Sou mente e coração muito bem equilibrados. Sou mais do que o sono que me vence. Sou mais, bem mai…

O que é isso?

O que é isso? Esse emaranhado de sensações, gostos, desejos e medos? O que é isso? Essa alegria que vira repulsa? Esse doce que vira amargo. Tem que não se sabe o que se quer, ou o que se sente, ou pelo menos o que se é. O que é isso agora? Tudo o que um vez eu quis, e agora? Será isso? Não quero mais então? Não sei. Cada olhar me desperta uma coisa nova, sem nome.Cada olhar para trás me faz sentir outras tantas coisas que nem sei como chama-las.
O que é isso? Que me deixa tão confusa, não em duvida, indecisa. Eu quero isso, ou aquilo? Na verdade eu quero os dois, quero a rapidez de um, e a qualidade do outro. A excitaçao e a novidade , mas quero também a certeza e a intimidade. E agora? O que é isso? Cada dia algo muda, uma parte se vai. Outras partes chegam. Mas ainda não sei o que é isso...
Esse tanto de indagações que ao mesmo tempo que me pedem uma resposta me falam '' deixa pra lá, e curte! Cai no samba! ''
Cair no samba? Tudo que eu mais queria. Mas e agora? O …

Muita coisa.

Eu queria gostar de voce sem ser de brincadeira. Eu queria poder gostar de voce de verdade. Eu queria nao ser nós dois... eu queria que tudo se encaixasse... eu queria acreditar no que voce diz... no que eu vejo... no que eu sinto... mas toda vez que eu acredito eu me perco..e assim se perde nós dois. Eu queria acreditar na caixinha.. queria te ter pra mim, sem ter que me dar pra voce... Eu queria que voce lesse e entendesse... que nao é pra entender... é pra viver. Eu queria te ver. Nao com os mesmos olhos de sempre...aqueles olhos cansados e mereados de quem já nadou...eu queria beijar outras bocas beijando somente a sua.. eu queria sentir o que todos sentem, ou falam que sentem...eu queria seu amor perfeito.. eu queria conseguir acabar... mas eu queria tanto continuar, recomeçar. De novo. Eu só queria gostar de voce sem ser de brincadeira... Eu só queria poder sonhar... e acreditar... com voce...Eu só queria nós dois. Eu só queria começar de novo. eu queria conseguir esquecer tudo.…

Paixões

Estava aqui pensando, por quantas pessoas, livros, lugares eu já me apaixonei. Cada paixão de um jeito diferente. A paixão por um livro, por exemplo, dura tempo indeterminado. Começa pela capa, você olha , ela te olha. Depois vem a primeira leitura. Você durante horas mas acha que leu apenas alguns minutos, e tem vontade de ler mais, e mais e mais ate nao aguentar mais, ate lembrar que voce precisa comer, dormir. A paixão por um livro dura ate depois da leitura, quando voce fica lembrando trechos, sensaçoes. Muito estranho. O livro se torna tão real. A paixão por um lugar, por uma paisagem, você olha, olha, não se cansa de olhar, nao quer ir emborar. Quer ficar, e olhar mais. Ir embora fica tão dificil! Uma paixão de aeroporto que dura enquanto o embarque não é liberado. É tão efemero e ilusorio, mas parece que dura a eternidade dentro daquele momento, você sonha, idealiza, imagina cenas, elas as vezes acontece. Tem direito a frios na barriga e perseguiçoes. Depois o avião decola e tu…

Começou grande

Hoje eu acordei maior. Mas me dei conta que ainda sou eu. Criança. Hoje eu olhei as meninas, todas tão novas, mas tão precoces. Correndo para fazer o tempo passar mais rapido, sem perceber que o tempo passa rapido sem elas precisarem correr. Hoje, vendo um filme de adolescentes percebi como os tempos mudam, como a gente muda. Quando eu era mais nova do que sou hoje, os filmes eram sobre as menina timidas, que se apaixonavam pelo menino mais popular da escola, ate que um dia ela cai, e ele a segura. O sonho dessa menina era que seu primeiro beijo fosse com ele, que eles namorassem. Essa menina sempre tinha um  melhor amigo que no fundo era apaixonado por ela. No final, a menina dava seu primeiro beijo com o super popular da escola, mas percebe ele não é tudo aquilo que ela imaginava, sonhava. E então eis que surge o verdadeiro principe encantado, seu melhor amigo. O filme termina com os dois amigos namorando. Hoje o conto de fadas mudou. Todas as meninas já beijaram todos os meninos. O…