Postagens

Olho no olho

Imagem
Olho no olho
Não sei qual olho eu olho
Olho na tela
Tela em branco
Nao é o branco do olho
Olho para cima
Não sei se vejo o que eu sinto
Não sei se sinto o que eu olho
Eu vejo?
Olho no olho
Em qual olho me vejo?
Seu? Meu?
Olho no olho
Já nem me lembro como é o seu
Só vejo o branco da tela
Digitando...
Só vejo o branco da tela
Esperando
Ver teu olho perto do meu
Olho no olho

Tempo

Ontem eu enterrei algumas paixões. O enterro foi silencioso. Elas precisavam descansar, estavam doentes há tempos. Uma era de criança, outras de mulher...
Talvez renasçam em outro tempo, outro mundo... Podem vir a ser outro. Mas o tempo do vir a ser não chegou, e elas se foram... É tempo de deixar ir... É tempo de deixar chegar... Tempo tempo tempo... A resposta para tudo, a causa de todo fim e a razão para qualquer começo.

Mundo mundo vasto mundo

Mundo mundo vasto mundo... para que esse tal de fundo...?
Mundo mundo vasto mundo... o meu fundo não existe, já virou superfície, desnuda, nua.. como eu perto de ti...
Mundo mundo vasto mundo... acalma tuas voltas, para que eu possa me acalmar...
Mundo mundo, meu pequeno mundo... és tão vasto!

Sorrir

E então.. o que era doce ficou amargo....o que era amargo ficou doce...
A vida te mostra o que realmente importa. É preciso erra pra acertar. É preciso tentar para saber.
E então... a gente reclama, pede, exclama aquilo que queremos... merecemos... buscamos...
E então... de repente, não mais que de repente... está tudo ali. Sempre esteve..
Olhos para quem sabe ver.. mãos para quem sabe tocar... boca... para salivar!
A vida se renova em eternidades de segundos...
Eternidades... segundos... de repente! Tudo muda, tudo existe e faz sentido, como sempre fez.
Simples assim... como respirar, é sorrir.

Metamorfoses

Imagem
Então chega o dia em que você vai à balada... e não quer ser incomodada, não quer conversar, não quer beijar. Então chega o dia em que você percebe que pode dizer não, que não precisa mais aceitar as coisas que te incomodam. Percebe que você é dona do seu corpo, alma e coração. Então você percebe que a metamorfose aconteceu enquanto você dormia e acordava, todos os dias, devagar e sempre... a todo instante.
Então chega o dia em que você muda de curso, escolhe fazer aquilo que te faz chorar de alegria. Mas ninguém te contou o quanto mudar pode ser doloroso e desafiador.
Mudar significa abandonar a si mesmo. Abandonar quem eu era, para abraçar quem eu sou nesta fração de segundo que acabou de passar.
Mudar dói, da vontade de desistir e voltar para aquela velha caminhada vazia em busca de algo que não iria se alcançar com felicidade. É enxergar que o caminho do outro é diferente do seu, que a grama do vizinho é mais verde, mas só para ele. É aceitar a possibilidade de erro e mesmo assim…

Medo de ser feliz?

Vai fazer bem, mas da medo. Dá medo ser feliz, dá medo gostar e ser gostada. Por que? Estamos tão acostumadas a nos acostumar com coisas ruins, que quando acontece algo bom nós custamos a acreditar, aceitar e deixar a coisa ser boa !