Silence

Tem horas que não se tem o que falar, fazer ou responder. A saudade e a falta são grandes , mas a lembrança é forte demais pra me fazer voltar atras. É como a nostalgia de lembrar um domingo de sol que ficou na lembrança, e logo acabou. Chegou segunda. Mas ele continua ali na lembrança. Sem sentimentos. O medo que eu sentir só de pensar em te ver de longe já diz por si só, que nao se deve reecontrar o passado na esquina, nem fugir dele. Mas deixar ele viver no seu canto, no seu lugar, sem mexer demais mas sem esquecer.
Quando eu vi aquele sinal de vida inesperado, o frio na barriga. E agora? Qual a resposta? Como dizem os mais velhos, na duvida, não faça nada. Não faço. Talvez pelo medo de te machucar, pois nao tem nada para se falar. Só o silencio.
Agora eu sei. O silencio diz mais que mil palavras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um belo dia

Mundo mundo vasto mundo